domingo, 14 de janeiro de 2018

DFU #2


A Matilde ao lanchar connosco diz:

- Há um menino lá da escola que tem uns óculos verdes. Eu acho que a mae dele disse para ele não ver televisão perto, mas ele viu.

E eu: - pois deve ter sido!

E ela: - Hum... voces viram televisão perto?

DFU #1

Hoje tivemos o Dia do Filho Único com a Matilde.

No carro ela pergunta:
- Onde vamos lanchar?
- Não sei. Ainda não decidimos...
Diz ela com um tom doce:
- Não faz mal. Comemos por aí, onde calhar...
E eu:
- Ah, filha... o que interessa é a companhia, não é?
Responde ela:
- Não. O que interessa é comer!

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Surpresa!

Já tinha ouvido esta música não sei quantas vezes mas não fazia ideia de quem era!

No outro dia a ver o The Voice, um dos programas eleitos que tento não perder :) o JP revelou-me que a musica é do Fernando Daniel que venceu no ano passado!

Eh pá e gosto da música :)


quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Lindo! :)





Emoção

É a palavra que descreve o momento em que vemos um filho ser baptizado :)

Acho que me emociono sempre, exatamente da mesma forma. Também me sinto feliz por poder dar aos meus filhos o melhor que tenho... e também por poder partilhar com tantos que já fazem parte das nossas vidas (são sempre e cada vez mais).

Dia 1 de dezembro é um dia muito especial para a nossa família. Um dia bonito que apesar de frio, faz sentir os nossos corações quentinhos pela proximidade e familiaridade que vivemos.

O nosso Martim já faz parte da família da Igreja, somos muito mais completos agora porque Deus marcou cada um de nós. Rezo para que esta marca seja acolhida por cada um deles para a eternidade.


quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Ninguém diria...

Que Matias Damásio poderia ter uma canção tão bonita!

Mas tem! Bem bonita, por sinal :)

Uma das minhas preferidas das que passam na rádio!


quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Por aqui

Entre tosses e ranhos e noites mal dormidas (agora já muito melhores) esqueci-me de dar uma novidade espetacular (altamente retardada):

A Mafy já não usa chucha!

Verdade! Perdeu-a no quarto dos brinquedos e como só temos uma lá se resignou ao facto de ela ter desaparecido.

Uns dias mais tarde a Matilde encontrou-a mas fizémos com que desaparecesse novamente dado que já não estava mesmo a usá-la. (Desculpa filha foi para teu bem! - quando ela ler isto daqui a muitos anos).

Entretanto o pai apanha a seguinte conversa:

Mafy: Pai! A Matilde disse que encontrou a minha chucha...
Pai: Oh Matilde não era para dizeres à Mafy!
Matilde: Oh Mafy não era para dizeres ao pai!